Receba um bónus de até R$4800. Registe-se no Jackpot City Casino já!

Hacker preso por roubar milhões de euros em fichas

Crime cibernético no jogo online atingiu um novo nível quando Ashley Mitchell, um hacker britânico, roubou cerca de oito milhões de euros em fichas de jogo a uma empresa de jogo de grandes dimensões.

FichasMitchell, de apenas 29 anos de idade e residente em Paignton, Devon, primeiro acedeu de forma ilegal ao sistema e roubou a informação pessoal de dois empregados da empresa. De seguida, transferiu 400 biliões de fichas online para si próprio e usou o Facebook para as vender a outras pessoas.

O hacker foi identificado como sendo um indivíduo com problemas de jogo que utilizou o dinheiro recebido na venda das fichas roubadas online para financiar o seu próprio vício. O advogado de defesa assegura que o seu cliente não usufruiu de qualquer vantagem no roubo, visto a maioria das fichas terem sido utilizadas para jogar em casinos online.

A empresa em questão é Zynga, produtora de jogos como o MafiaWars e FarmVille, que ganharam enorme popularidade no Facebook. Nestes jogos, os jogadores têm a possiblidade de comprar fichas que podem depois ser utilizadas para comprar mantimentos para a sua quinta virtual ou para os negócios de gangsters. Isto deu origem a um mercado negro emergente onde as fichas são vendidas a um preço reduzido.

Mitchell utilizou a ligação wireless dos vizinhos para aceder à Internet e assim esconder a sua identidade. Contudo, cometou o erro de usar numa das ocasiões o seu perfil no Facebook para aceder de forma ilegal ao sistema. Foi este erro que levou à sua identificação e ao fim da sua aventura de hacking e jogo.

O hacker deu-se como culpado e recebeu uma sentença de dois anos de prisão. O juíz justificou esta decisão com a necessidade de preservar a confidencialidade das transações online, dado que a Internet é um meio onde hoje em dia se pratica um elevado número de negócios.

Comentários

Deixe um comentário