Receba 10€ grátis no primeiro casino online legal em Portugal. Registe-se no Estoril Sol Casinos já!

2013 foi o ano das raspadinhas em Portugal

Em tempos de crise, os portugueses cortam nas despesas não essenciais. E se há muitos que tentam através do jogo descobrir uma solução para os seus problemas financeiros, há outros que começam a gastar menos dinheiro nos jogos de azar.

Contudo, e apesar da diminuição natural das receitas provenientes dos jogos da Santa Casa da Misericórdia, as raspadinhas não seguiram essa tendência, tendo até revelado um crescimento significativo.

2013 foi definitivamente o ano das raspadinhas em Portugal.

Raspadinhas em Portugal

Queda das receitas do Euromilhões em 2013

O Euromilhões é o jogo mais popular e aquele que gera mais receitas em Portugal.

No entanto, no ano de 2013, período em que as medidas de austeridade do governo português foram mais fortes, as receitas provenientes deste jogo diminuíram mais de 11% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Ainda assim, este jogo continua a ser responsável por mais de metades das receitas da Santa Casa da Misericórdia. Aliás, apesar da queda das receitas, os montantes brutos de vendas alcançaram mesmo um valor recorde.

O Euromilhões não foi o único jogo atingido pela crise. Todos os restantes jogos, à exceção das raspadinhas, sofreram reduções de receitas significativas durante o ano que terminou.

Entre todos, o jogo que se ressentiu mais foi o Joker, com uma redução de quase 24% em relação ao ano anterior.

A crise não afastou os fãs das raspadinhas

Ao contrário de quase todos os jogos da Santa Casa da Misericórdia, as raspadinhas conseguiram, no meio deste contexto de crise generalizada, aumentar as suas receitas.

Este jogo, oficialmente denominado de “lotaria instantânea”, viu as suas vendas alcançarem até novembro, valores na ordem dos 543 milhões de euros.

Este valor equivale a uma subida de 61% face ao mesmo período do ano anterior.

As raspadinhas ocupam hoje um lugar de destaque entre os vários jogos da Santa Casa da Misericórdia, representando quase um terço de todas as suas receitas.

O porquê do sucesso das raspadinhas

As raspadinhas são um fenómeno em grande crescimento desde há alguns anos, quando surgiram em Portugal.

O facto de ser uma lotaria instantânea, sabendo-se imediatamente o prémio, é talvez a maior razão.

Assim, em tempos de crise, um jogo com um valor mais baixo e que se possa saber de imediato o eventual prémio, é natural que aumente as suas receitas em comparação com os restantes jogos.

Além disso, as várias modalidades que apareceram nos últimos tempos, como o pé-de-meia, também explicam parte do seu sucesso.

Esta modalidade dá como prémio uma mensalidade durante vários anos. A visão de receber um valor importante todos os meses, durante vários anos, torna-se especialmente atrativa em tempos de maior austeridade.

Como jogar raspadinhas online

Atualmente, a Internet começa a ser um veículo muito importante para fazer apostas neste tipo de jogos.

Por exemplo, na Bet365, você encontrará inúmeras raspadinhas, nas quais poderá jogar e apostar. A

s raspadinhas online são tão simples de jogar como as raspadinhas que compra numa qualquer tabacaria. Apenas tem de escolher a raspadinha, clicar no botão que ativa o jogo, e imediatamente sabe o seu prémio.

Se gosta do ritual de raspar secção a secção, também na raspadinha online tem essa opção.

Jogue raspadinhas online na Bet365

Aproveite já a oportunidade de jogar raspadinhas no conforto do seu lar. A qualquer hora e sem sair de casa, pode apostar neste jogo na Bet365, e quem sabe, deitar a crise para trás das costas.

Comentários

Deixe um comentário